Discover
Start a collection Search

lequinhapires

31 contributions 1 participating

contributions participating

O fututo é uma espécie de banco, ao qual vamos remetendo, um por um, os cheques de nossas esperanças. Ora! Não é possível que todos os cheques sejam sem fundos.

A posteridade é muito comprida. Dá um sono...

Nunca me dês o céu... quero é sonhar com ele.

Há noites em que não posso dormir de remorsos por tudo o que deixei de cometer.

Os fantasmas também sofrem de visão: somos nós.

O mundo do sonho é silencioso como o mundo submarino. Por isso é que faz bem sonhar.

A mentira é uma verdade que se esqueceu de acontecer.

O tempo é um ponto de vista dos relógios.

Se a casa é para morar, por que a porta da casa se chama porta da rua?

O vento assovia de frio.

Um discurso em homenagem nossa é uma verdadeira surra às avessas: fica-se naquele estado horrível e sem palavras com que revidar!

A vida nutre-se da morte, e não a morte da vida, como julgam alguns pessimistas. A morte é o aperitivo da vida.