Descobrir
Comece uma coleção Pesquisar

versos

Atualmente temos 17 coleções para "versos"

Descubra os 13 posts relacionados com "versos"

Mas nunca encontrarás p´la vida fora

Mas nunca encontrarás p´la vida fora,
Amor assim como este amor que chora
Neste beijo d´amor que são meus versos!...
- Florbela Espanca

Fica AQUI

Fica AQUI....

Te ver sem um porque... Acordar e te encontrar ali parado, pensei que fosse um sonho... Mas era real... Você estava ali... E eu sem saber o que dizer, enquanto meu coração palpitava acelerado dentro de mim, com vontade de te abraçar e te impedir de partir... Eu me calei, quando a vontade era dizer que a solidão esta tomando conta de mim, e sinto que não posso superar, sinto que a vida não tem sentido sem você... Eu permiti que você se tornasse tudo... Quão importante quanto minha própria vida, deixei você tomar conta, quando na verdade você queria somente ir embora... Porque me disse palavras de amor... Porque falou tantas coisas, pra somente ir e me deixar aqui sozinha, sem ninguém, e sentindo que meu mundo acabou Sei que por muitas vezes falei de amor, saudade e dor... Mas nesse momento tenho poucos argumentos mas te peço fica comigo meu amor...

BY... Giovana R Pereira

De amigo para amigo

De amigo para amigo
Começou nossa amizade
Agora te garanto ,
Que te amo de verdade

Eu te amo

Eu te amo
Te amo pra valer
Quando você olha pra outra
Da vontade de morrer.

Gosto de tudo no mundo

Gosto de tudo no mundo
Mas nada me satisfaz
Se o loiro é bonito
O moreno é muito mais.

Da laranja quero o gomo

Da laranja quero o gomo
Da maçã quero um pedaço
Do moreno mais bonito
Quero um beijo e um abraço.

Vai cartinha venturosa

Vai cartinha venturosa
vai nesse mundo sem fim
vai dizer ao meu amor
Que nunca se esqueça de mim.

No mais é pra valer. Senta-se comigo. Abra-te tranquila. Sinta-se amada. Me ame de madrugada. Rima com meus braços. Amassa não nega a massa. Prefixos. Afixos. Sufixos. Fixo. Quero ser pra você. Infixo. Desqualifico. As amarras perdidas. As palavras reprimidas. A sinceridade é você. A paz é você. O carinho é você. Existe na velhice. O companheirismo aflito. Amor antigo. Novo amor. Não tem dia. Não há hora. Amor chega. Pode ser agora. É só querer. Só olhar pra frente. Que também tem gente. Esperando por você. Mas olhe pra trás. Pegue nas minhas mãos. Estou bem pertinho. Só preciso de um sinalzinho. Pra pegar seu coração!

“Certos namorados brigam dia sim, dia não. Na sexta se amam, no sábado se odeiam, no domingo fazem as pazes, na segunda prometem nunca mais se ver. São amores movido à adrenalina, que rendem bons versos e letras de música. Muito destes casais conseguem chegar ao altar e continuam entre tapas e beijos até as bodas de ouro. Brigam e voltam tantas, mas tantas vezes, que na verdade nunca chegam a se separar. Deixe que digam, que pensem, que falem. O amor é lindo.”
— Martha Medeiros.