Descobrir
Comece uma coleção Pesquisar

textos

Atualmente temos 13 coleções para "textos"

Descubra os 2 posts relacionados com "textos"

Eu tive um sonho  certamente foi com você mas preferi esquece-lo antes que co...

Eu tive um sonho, certamente foi com você mas preferi esquece-lo antes que começasse a chorar e minhas próprias lágrimas, se virassem contra mim, assim como você fez.

"Eu tenho essa mania de me olhar de cima pra ver se me entendo, sempre tento me distanciar de mim pra ver melhor. Não posso dizer que me conheço muito bem, pois as vezes me surpreendo comigo. Mas depois de longos anos fazendo isso, não minto mais pra mim. Aprendi a não me enganar. Quando acredito em alguma ilusão, acredito porque quero e sabendo do que se trata.
Eu queria acreditar que isso acontecia assim pra todo mundo, que no processo de individuação esse olhar pra dentro e assumir-se era uma coisa natural. Mas isso foi só uma ilusão criada por mim, ilusão essa que não quero e não posso mais carregar. Algumas pessoas nunca se olham e jamais se enxergam. Essas pessoas são as piores de lidar que você vai encontrar por ai. São carentes, não se enxergam, mentem pra si e pros outros, são hipócritas, gritam verdades que nunca serão suas. Sempre têm conselhos prontos pra te dar. Depois de um tempo você percebe o quanto elas são chatas e entediantes. Têm sempre os mesmos papos pois nos seus diálogos não há evolução, não há ressignificação, cometem sempre os mesmos erros, e ate os seus acertos são erros transvestidos. Vivem num ciclo vicioso e nem se dão conta. Eu também tenho os meus, mas eu sei que os tenho. Não minto pra mim com relação a eles.
Apesar de num geral na vida eu ter uma sensação de não pertencimento e me sentir mal por isso, confesso que nesse assunto me sinto bem em não me sentir igual a maioria.
Entendi que boca que fala muito não deixa tempo pra pensamento. Quem muito fala, quer acreditar no que diz. Se você não diz as palavras certas pra si mesmo, é em vão tentar dizer pros outros.
OBS: não precisa me dizer que meus textos são muitos “pessoais”. Eu sei que são. Não venha me dizer que estou “jugando” as pessoas. Eu estou e sei disso. Essa história de “eu não julgo” não cola pra mim. Não julgar é uma coisa que está muito acima do bem e do mal e eu não estou mesmo."

Cecília Marazano