Descobrir
Comece uma coleção Pesquisar

sinto

Atualmente temos 3 coleções para "sinto"

Descubra os 10 posts relacionados com "sinto"

- Às vezes sinto falta de mim.
- Eu também.
- Sente falta de si?
- Não, de você. E dói.

Mostre-me o que você pode se tornar

"Mostre-me o que você pode se tornar
Há um sonho em todos
E isso tudo é real
Eu estou te dizendo como me sinto.."

Eu sinto uma enorme gratidão por minhas vontades gastarem da liberdade.
(Walter Grando)

Sinto muito a tua falta ...

Quero dizer o que eu penso e sinto hoje, com a condição de que talvez amanhã eu vá contradizer tudo.

Eu sinto saudade dos meus defeitos, de tanto que me corrigi para você

“As vezes eu sinto medo sabe, medo de não conseguir, medo de fracassar. As vezes sinto medo de apagar a luz e ficar no escuro. As vezes me sinto triste por não conseguir ser uma pessoa melhor do que sou. Sinto medo de ficar sozinha sem ajuda e sem forças para prosseguir. Sim, eu tenho medo, medo de muitas coisas… mas então eu lembro de que Deus é meu melhor amigo, Deus é aquele que nunca vai me deixar sozinho, Deus é aquele que trara conforto e carinho a mim quando eu mais precisar e estará sempre comigo em todas as circunstâncias da vida.”

"Sinto agora mesmo o coração batendo desordenadamente dentro do peito. É a reivindicação porque nas últimas frases andei pensando somente à tona de mim. Então o fundo da existência se manifesta para banhar e apagar os traços do pensamento. O mar apaga os traços das ondas na areia. Oh Deus, como estou sendo feliz. O que estraga a felicidade é o medo."

"Eu me sinto grato por ter sido a sua escolha, entre tantas outras chances e possibilidades. Por ter sido a pessoa que Deus projetou e separou (só) para você. Por ter a chance de te trazer felicidade e cuidar de você como ninguém nunca cuidou. E, mais que qualquer outra coisa, eu me sinto grato por ser dono de todo o amor que existe dentro do teu coração."

“Eu sinto saudade. Apenas isso. Não tenho como controlar. Vi uma foto sua e sorri. Sorri um sorriso que me transportou para o passado, para onde tudo era sereno e seguro. Sinto falta de deitar no seu colo, lá eu sabia que tudo tinha jeito. Que tudo tinha saída, solução. A sua risada doce e sincera eram garantias de que tudo ia dar certo.”