Descobrir
Comece uma coleção Pesquisar

muito

Atualmente temos 5 coleções para "muito"

Descubra os 10 posts relacionados com "muito"

Muito loko e diferente!!!!

:P

“Lembro que não faz muito tempo, eu ainda corria pelas ruas, rindo por tudo, hahaha, rindo por nada, hahaha. Eu era livre para ser livre. Não tinha muros para me impedir. Não existiam grades para me prender. Não havia mãos para me segurar. Eu fingia ser um avião: meus braços eram minhas asas; meus pés faziam o papel do acelerador e corriam rápido, − muito rápido!, como se quisessem alcançar imediatamente o outro lado do mundo, um amor efêmero, um sorriso curto, um gesto impensado ou simplesmente o futuro. Eu apenas fingia voar. Atenção, Infância, preparar para a aterrissagem. Toda criança sonha em voar. Futuro é quando a gente pousa em nossos medos.”

“Foi muito lindo você ter vindo sempre sorrindo, dizendo que não tem de quê. Eu agradeço você ter me virado do avesso e ensinado a viver. Eu reconheço que não tem preço gente que gosta de gente assim feito você.”

— Vinicius de Moraes

Ser feliz.
Ser mais feliz.
Ser muito feliz.
Ser super feliz.
Não aceite menos que isso!

Você merece muito, muito mais do que eu tenho pra te dar. No dia que você quiser lembrar de mim, dá uma olhada no retratinho que a gente tirou junto. Eu digo isso porque tenho medo, que um dia, você também me esqueça.

"Se não for pedir muito:
não seja tão pouco."
— Eu me chamo Antônio

"Muito mais difícil que lembrar é esquecer." - Rubem Alves.

“Eu não tinha muito o que oferecer, eu sei. Mas tudo o que eu tinha, era seu.”
— Caio Fernando Abreu

A gente se gostava muito, muito, muito, muito, muito, muito, muito. E aí... Acabou.

"Contei meus anos e descobri que terei menos tempo para viver daqui para a frente do que já vivi até agora.

Tenho muito mais passado do que futuro.

Sinto-me como aquele menino que recebeu uma bacia de cerejas. As primeiras, ele chupou displicente, mas percebendo que faltam poucas, rói o caroço.

Já não tenho tempo para lidar com mediocridades.

Não quero estar em reuniões onde desfilam egos inflamados.

Inquieto-me com invejosos tentando destruir quem eles admiram, cobiçando seus lugares, talentos e sorte.

Já não tenho tempo para conversas intermináveis, para discutir assuntos inúteis sobre vidas alheias que nem fazem parte da minha.

Já não tenho tempo para administrar melindres de pessoas, que apesar da idade cronológica, são imaturos.

Detesto fazer acareação de desafectos que brigaram pelo majestoso cargo de secretário geral do coral.

‘As pessoas não debatem conteúdos, apenas os rótulos’.

Meu tempo tornou-se escasso para debater rótulos, quero a essência, minha alma tem pressa…

Sem muitas cerejas na bacia, quero viver ao lado de gente humana, muito humana; que sabe rir de seus tropeços, não se encanta com triunfos, não se considera eleita antes da hora, não foge de sua mortalidade,

Caminhar perto de coisas e pessoas de verdade,

O essencial faz a vida valer a pena.

E para mim, basta o essencial!"

Mario de Andrade