Descobrir
Comece uma coleção Pesquisar

afeto

Atualmente temos 1 coleções para "afeto"

Descubra os 8 posts relacionados com "afeto"

Visto que nossa vida começa e termina com a necessidade de afeto e cuidados, não seria sensato praticarmos a compaixão e o amor ao próximo enquanto podemos?

À uma pessoa especial, dirijo estas palavras de afeto, carinho,gratidão e consideração. Feliz dia das mães!

3 COISAS PRA VOCÊ FALAR PRA ELA

1) Diz pra ela as coisas que você gosta nela e dá mais importância a isso do que as coisas que não gosta.

2) De vez em quando, explica pra ela por que você ficou. Fala daquele estalo, aquele mesmo que você sentiu quando soube que era ela... Vai mudar o dia dela fazendo com que ela saiba o que a faz especial.

3) Diz pra ela um pouco de silêncio. Foca em caminhar com os dedos e com o lábio pelo colo, pelo ombro, pelas costas e respira fundo. Com ou sem vinho, num canto cheio de afeto. E olha dentro dos olhos dela.

Se não for dizer, escreve. Diz tudo isso ou algo que nem tá aqui, mas só diz se for sincero mesmo. E se isso puder fazê-la, de um modo ou de outro, um pouco mais feliz.

Muitas vezes não damos a devida importância a certas chaves e acabamos por perdê-las... e nem nos damos conta disso... só vamos perceber que ficamos para o lado de fora da porta quando chegamos diante dela e vasculhamos nossos pertences e não a encontramos... e só nos resta duas opções... ficar para o lado de fora a mercê de tudo ou procuramos outra solução... entrar pela janela é uma delas... mas se a janela também estiver fechada por dentro... talvés seja conveniente chamar um bom chaveiro... uma pessoa que entende de todos os tipos de trancas... que abre portas sem arrombá-las... elas pemanecem intactas... perfeitas como sempre foram.... prontas para receber uma nova chave...

Ando com uma vontade tão grande de receber todos os afetos, todos os carinhos, todas as atenções. Quero colo, quero beijo, quero cafuné, abraço apertado, mensagem na madrugada, quero flores, quero doces, quero música, vento, cheiros, quero parar de me doar e começar a receber. Sabe, eu acho que não sei fechar ciclos, colocar pontos finais. Comigo são sempre vírgulas, aspas, reticências. Eu vou gostando, eu vou cuidando, eu vou desculpando, eu vou superando, eu vou compreendendo, eu vou relevando, eu vou… e continuo indo, assim, desse jeito, sem virar páginas, sem colocar pontos. E vou dando muito de mim, e aceitando o pouquinho que os outros tem para me dar.

“Eu posso não ser o que tu esperavas, mas a gente não escolhe o que quer sonhar quando coloca a cabeça no travesseiro. Eu posso não ser o que tu precisavas, mas a gente vive e morre sem saber do que realmente precisamos. Eu posso não bastar. Então que baste o amor.”