Descobrir
Comece uma coleção Pesquisar

Sua dose de Clarice Lispector

1 contribuíram 23 estão participando

Ver mais posts

epifaniaa

Publicado há 2735 dias - 0 estrelas

Premiar

É que por enquanto a metarmofose de mim em mim mesma não faz sentido. É uma metamorfose em que eu perco tudo o que tinha, e o que sou. E agora o que sou? Sou: estar de pé diante de um susto. Sou: o que vi. Não entendo e tenho medo de entender, o material do mundo me assusta, com seus planetas e baratas.

"E o mundo a me exigir decisões para as quais não estou preparada. Decisões não só a respeito de provocar o nascimento de fatos mas também decisões sobre a melhor forma de se ser."

“É como ficar c/ um presente todo embrulhado... nas mãos e ñ ter a quem dizer: tome é seu abra-o! ...raramente embrulho c/ papel de presente os meus sentimentos”

"passou a ilusão e enxergou a cara toda deformada pelo espelho ordinário"

"...vida que incomoda bastante, alma que não cabe bem no corpo..."

"Os fatos são sonoros mas entre os fatos há um sussurro. É o sussurro q me impressiona"

"existir é coisa de doido, caso de loucura. Por que parece. Existir não é lógico."

Com mãos de dedos duros enlameados apalpar o invisível na própria lama - Clarice Lispector

O bom é ser inteligente e não entender. É uma bênção estranha, como ter loucura sem ser doido. (Clarice Lispector)

Um amigo é aquele pelo qual você pode partilhar o silêncio como partilha a palavra. (Clarice Lispector)

Se der para me entenderem, está bem. Se não, também está bem. (Clarice Lispector)

Eu sou uma pergunta. (Clarice Lispector)

Eu vou me acumulando, acumulando, até que não caibo em mim e estouro em palavras. (Clarice Lispector)

Mas o meu principal está sempre escondido. Sou implícita. E quando vou me explicitar perco a úmida intimidade. (Clarice Lispector)

Não sou madura bastante ainda. Ou nunca serei. (Clarice Lispector)

É preciso saber sentir mas também como deixar de sentir. (Clarice Lispector)

Mas um dia ainda hei de ir, sem me importar para onde o ir me levará. (Clarice Lispector)

"Ouve-me, ouve o meu silêncio. O que falo nunca é o que falo e sim outra coisa. Capta essa outra coisa de que na verdade falo porque eu mesma não posso." Clarice Lispector

"Minha alma tem o peso da luz. Tem o peso da música. Tem o peso da palavra nunca dita, prestes quem sabe a ser dita. Tem o peso de uma lembrança. Tem o peso de uma saudade. Tem o peso de um olhar. Pesa como pesa uma ausência. E a lágrima que não se chorou. Tem o imaterial peso da solidão no meio de outros." Clarice Lispector

Sou inquieta e áspera e desesperançada. Embora amor dentro de mim eu tenha. (Clarice Lispector)

Não quero contar nem a mim mesma certas coisas. (Clarice Lispector)

Sou um coração batendo no mundo. (Clarice Lispector)

Sofro mais porque não digo por que sofro. (Clarice Lispector)

Sou uma pessoa que é de repente e fico meio desesperada quando penso no impossível. (Clarice Lispector)

Tenho pensamentos que não posso traduzir em palavras. (Clarice Lispector)

Deus meu, se a gente não se guarda como nos roubam. (Clarice Lispector)

Me abrace, que no abraço mais do que em palavras, as pessoas se gostam. (Clarice Lispector)

Já que sou, o jeito é ser. (Clarice Lispector)

Sabe o que eu quero de verdade? Jamais perder a sensibilidade, mesmo que às vezes ela arranhe um pouco a alma.(Clarice Lispector)

Estou bastante acostumada a estar só, mesmo junto dos outros. (Clarice Lispector)

Vivo de esboços não acabados e vacilantes. (Clarice Lispector)

Pareço pertencer a uma galáxia longínqua de tão estranho que sou de mim. (Clarice Lispector)

Não falo, mas penso muito, presto muito atenção. (Clarice Lispector)

Não sou muito normal, sou desatada, tenho uma natureza difícil e sombria. (Clarice Lispector)

Se reflito demais, deixo de agir. (Clarice Lispector)


"Nos piores momentos lembre-se: quem é capaz de sofrer intensamente também pode ser capaz de intensa alegria." (Clarice Lispector)

"Eu antes era uma mulher que sabia distinguir as coisas quando as via. Mas agora cometi o erro grave de pensar." (Clarice Lispector)

"Viver me tira o sono. "(Clarice Lispector)

"As frases são complicadas, mas o sentimento não." (Clarice Lispector)

"Só na desordem de meus sentimentos é que compreendo para mim mesma. "(Clarice Lispector)

"Há uma coisa dentro de mim que dói." (Clarice Lispector)

"Sei que eu mesma não presto." (Clarice Lispector)

"Mas eu sou uma chata que parece viver com medo de dizer as coisas claramente." (Clarice Lispector)

"Você de repente não estranha de ser você?" (Clarice Lispector)

"Se der para me entenderem, está bem. Se não, também está bem." (Clarice Lispector)

"Tenho o mundo dentro de mim. "(Clarice Lispector)

"Entre o "sim" e o "não" só há um caminho: escolher." (Clarice Lispector)

"Escrevo por não ter nada a fazer no mundo: sobrei e não há lugar para mim no mundo dos homens. "(Clarice Lispector)

"E não há nada que canse tanto como se torturar com preocupações." (Clarice Lispector)

"Não me entendo e ajo como se me entendesse." (Clarice Lispector)

"As palavras que digo escondem outras. Quais? "(Clarice Lispector)

"Querer entender é das piores coisas que podiam me acontecer." (Clarice Lispector)

"Só na desordem de meus sentimentos é que compreendo para mim mesma." (Clarice Lispector)

"É tão difícil falar e dizer coisas que não podem ser ditas." (Clarice Lispector)

"Eu sou o meu próprio espelho. E vivo de achados e perdidos. É o que me salva."(Clarice Lispector)

"Refugiei-me na doideira porque a razão não me bastava." (Clarice Lispector)

"(...)faz de conta que ela não estava chorando por dentro." (Clarice Lispector)

"Tenho que falar porque falar salva." (Clarice Lispector)

"Uma das coisas que aprendi é que se deve viver apesar de. "(Clarice Lispector)

"Que rebuliço de alma." (Clarice Lispector)

"Minha exigência é o meu tamanho, meu vazio é a minha medida." (Clarice Lispector)

"O mundo rola e em alguma parte há coisas que não conheço." (Clarice Lispector)

"Viver me deixa tão nervosa, tão à beira de. "(Clarice Lispector)

Apenas transmito o que sinto." (Clarice Lispector)

"Minha pergunta é do tamanho do Universo. (Clarice Lispector)

"O erro me leva a discutir e a pensar." (Clarice Lispector)

"Eu sou nostálgica demais, pareço ter perdido uma coisa não se sabe onde e quando. "(Clarice Lispector)

"No silêncio é que mais se ouvem os ruídos. "(Clarice Lispector)

"O futuro pesa toneladas em mim". (Clarice Lispector)

"Mas nem sempre é necessário tornar-se forte. Temos que respeitar a nossa fraqueza."

"Preciso aprender a não precisar de ninguém. "

"Para onde vou? e a resposta é: vou. "

"Sei que eu mesma não presto."

"Sou vulnerável às menores bobagens, às mínimas palavras ditas, a olhares até, e sobretudo, a imaginações. "

"Eu bem que me controlo, mas sou tão sensível."

"E é tão difícil mudar. Às vezes escorre sangue. "

"Ando de um lado para outro, dentro de mim. Estou bastante acostumada a estar só, mesmo junto dos outros."

"Eu bem que me controlo, mas sou tão sensível. "

"O mundo é fora de mim, eu sou fora de mim. "

"Mas quantas vezes a insônia é um dom. De repente acordar no meio da noite e ter essa coisa rara: solidão."

"O sentimento de solidão é um dos mais difíceis de viver. "

"...Que minha solidão me sirva de companhia. Que eu tenha a coragem de me enfrentar. Que eu saiba ficar com o nada e mesmo assim me sentir como se estivesse plena de tudo. "

"Eu nunca sei se quero descansar porque estou realmente cansada ou se quero descansar para desistir."

"(...)mas sei que hoje é um grito. Um grito! de cansaço. "

"Mas o pior é o súbito cansaço de tudo."

"Não posso ter raiva de mim porque estou cansada. "

"Não se deixe levar por preocupações que são, na maior parte das vezes, inventadas pelos nervos e pelo cansaço."

"Ser gente me cansa."

"Chorar às vezes alivia o coração."

"Passo épocas irritada, deprimida. "

"A vida é um soco no estômago"

"Sou um pouco desalentada, preciso demais dos outros para me animar. "

"O mundo é sem graça? ou eu sou sem graça?"

"Sou feliz na hora errada. E infeliz quando todos dançam. "

"Mas bem sei o que quero aqui: quero o inconcluso. Quero a profunda desordem que no entanto dá a pressentir uma ordem subjacente. "

"Um dia eu disse infantilmente: eu posso tudo. Era a antevisão de poder um dia me largar e cair num abandono de qualquer lei. Elástica. "

"O que saberás de mim é a sombra da flecha que se fincou no alvo"

"Um instante me leva insensivelmente a outro e o tema atemático vai se desenrolando sem plano mas geométrico como as figuras sucessivas de um caleidoscópio."

"Atrás do pensamento não há palavras: é-se. "

"Não quero perguntar por que, pode-se sempre perguntar por que e sempre continuar sem resposta: será que consigo me entregar ao expectante silêncio que se segue a uma pergunta sem resposta? Embora adivinhe que em algum lugar ou em algum tempo existe a grande resposta para mim."

"Meu estado é o de jardim com água correndo"

"Estou atrás do que fica atrás do pensamento"

"Não me dêem fórmulas certas, por que eu não espero acertar sempre. Não me mostrem o que esperam de mim, por que vou seguir meu coração. Não me façam ser quem não sou. Não me convidem a ser igual, por que sinceramente sou diferente. Não sei amar pela metade. Não sei viver de mentira. Não sei voar de pés no chão. Sou sempre eu mesma, mas com certeza não serei a mesma pra sempre..."

"Mas não procura entender-me faze-me apenas companhia"

"Mas a minha insônia não é bonita nem feia, minha insônia sou eu, é vivida, é o meu espanto..."

"E eu? quem sou? como é que me classificaram? Deram-me um número? Sinto-me numerificada e toda apertada. Mal caibo dentro de mim..."

"Quem não compreende um olhar tampouco compreenderá uma longa explicação."

Comentar
Crie sua coleção de placas