Descobrir
Comece uma coleção Pesquisar

Poesias de um Gavionense

1 contribuíram 1 estão participando

Ver mais posts

betinhogpx

Publicado há 2335 dias - 0 estrelas

Premiar

MEDO DE SER FELIZ TALVEZ...

A moça que passa em mil passos...
Passos céleres pelo espaço,
Pondera em como chegar em seu amado;
Nem percebe que este anda por ela enamorado,
Nem sequer imagina
Que na sua vida há algo de trágico,
Pois toda mulher para conquistar seu amor
Espalha sorrisos pelos lados.

Pobre daquele rapaz que todo dia a olha passar
Não acha coragem para lhe expressar o que sente,
Ilude-se que ela um dia descubra seu amor.
Esquecem que todo caso nasce das pequenas coisas:
Uma conversa, um olhar frente a frente
Ou simplesmente um sorriso.

...

O tempo passou...
Mas a moça nunca mais!
O rapaz também não se encontrava mais por perto.
Num jornal jogado e arrastado pelas procelas e vendavais,
Talvez resquícios, um adeus ao menos!
Na seção de notas de falecimento...

DANTE SULLIVER

DANTE SULLIVER

Comentar
Crie sua coleção de placas