Descobrir
Comece uma coleção Pesquisar

Clariceando...

1 contribuíram 1 estão participando + Informações

participate Deixe de participar Participating
contribute Contribua

13

Publicado há 1783 dias - 0 estrelas

Premiar
O que eu sinto eu não ajo

"O que eu sinto eu não ajo.
O que ajo não penso.
O que penso não sinto.
Do que sei sou ignorante.
Do que sinto não ignoro.
Não me entendo e ajo como se entendesse."

Comentar
Crie sua coleção de placas

13

Publicado há 1783 dias - 0 estrelas

Premiar
Terei toda a aparência de quem falhou  e só eu saberei se foi a falha necess...

"Terei toda a aparência de quem falhou, e só eu saberei se foi a falha necessária."

Comentar

13

Publicado há 1783 dias - 0 estrelas

Premiar
A felicidade aparece para aqueles que choram

"A felicidade aparece para aqueles que choram.
Para aqueles que se machucam.
Para aqueles que buscam e tentam sempre.
E para aqueles que reconhecem
a importância das pessoas que passam por suas vidas"

Comentar

13

Publicado há 1783 dias - 0 estrelas

Premiar
Perdi alguma coisa que me era essencial  e que já não me é mais

"Perdi alguma coisa que me era essencial, e que já não me é mais. Não me é necessária, assim como se eu tivesse perdido uma terceira perna que até então me impossibilitava de andar mas que fazia de mim um tripé estável. Essa terceira perna eu perdi. E voltei a ser uma pessoa que nunca fui. Voltei a ter o que nunca tive: apenas as duas pernas. Sei que somente com duas pernas é que posso caminhar. Mas a ausência inútil da terceira me faz falta e me assusta, era ela que fazia de mim uma coisa encontrável por mim mesma, e sem sequer precisar me procurar."

Comentar

13

Publicado há 1783 dias - 0 estrelas

Premiar
Dá-me a tua mão desconhecida que a vida está me doendo e não sei como falar ...

"Dá-me a tua mão desconhecida,que a vida está me doendo,e não sei como falar - a realidade é delicada demais,só a realidade é delicada,minha irrealidade e minha imaginação são mais pesadas."

Comentar

13

Publicado há 1783 dias - 0 estrelas

Premiar
O que realmente faz valer a pena estar vivo  não há filmadora ou máquina foto...

O que realmente faz valer a pena estar vivo, não há filmadora ou máquina fotográfica que registre.
Surpresas, gargalhadas, lágrimas, enfim, o que eu sinto quem eu sou, você só vai perceber quando olhar nos meus olhos, ou melhor, além deles...

Comentar

13

Publicado há 1783 dias - 0 estrelas

Premiar
Escuta

Escuta:eu te deixo ser. Deixa-me ser,então.

Comentar

13

Publicado há 1783 dias - 0 estrelas

Premiar
Amanheci em cólera

Amanheci em cólera. Não, não, o mundo não me agrada. A maioria das pessoas estão mortas e não sabem, ou estão vivas com charlatanismo. E o amor, em vez de dar, exige. E quem gosta de nós quer que sejamos alguma coisa de que eles precisam. Mentir dá remorso. E não mentir é um dom que o mundo não merece...

Comentar

13

Publicado há 1783 dias - 0 estrelas

Premiar
Não quero ter a terrível limitação de quem vive apenas do que é possível faze...

Não quero ter a terrível limitação de quem vive apenas do que é possível fazer sentido.
Eu não: quero é uma verdade inventada

Comentar

13

Publicado há 1783 dias - 0 estrelas

Premiar
Há um tipo de choro bom e outro ruim

"Há um tipo de choro bom e outro ruim. O ruim é aquele que as lágrimas correm sem parar e, no entanto, não dão alívio. Se esgotam e exaurem. Uma amiga perguntou-me se não seria esse o choro como o de uma criança com angústia de fome.Era.
Quando se estpa perto desse tipo de choro é melhor procurar conter-se: não vai adiantar. É melhor tentar se fazer de forte e enfrentar. Mas nem sempre é necessário tornar-se forte. Temos que respeitar nossas fraquezas. Então são lágrimas suaves, gosto salgado, límpido, produto da nossa dor profunda.
Homem chorar comove. Eu respeito muito homem que chora. Eu já vi homem chorar."

Comentar

13

Publicado há 1783 dias - 0 estrelas

Premiar
Minha força está na solidão

"Minha força está na solidão. Não tenho medo nem de chuvas tempestivas nem de grandes ventanias soltas, pois eu também sou o escuro da noite."
Clarice Lispector

Comentar

13

Publicado há 1783 dias - 0 estrelas

Premiar
Minha alma tem o peso da luz

"Minha alma tem o peso da luz. Tem o peso da música. Tem o peso da palavra nunca dita, prestes quem sabe a ser dita. Tem o peso de uma lembrança. Tem o peso de uma saudade. Tem o peso de um olhar. Pesa como pesa uma ausência. E a lágrima que não se chorou. Tem o imaterial peso da solidão no meio de outros."

Comentar