Descobrir
Comece uma coleção Pesquisar

Poesias de um Gavionense

1 contribuíram 1 estão participando + Informações

participate Deixe de participar Participating
contribute Contribua

Poesias de um Gavionense

betinhogpx

Publicado há 1687 dias - 0 estrelas

Premiar

MEDO DE SER FELIZ TALVEZ...

A moça que passa em mil passos...
Passos céleres pelo espaço,
Pondera em como chegar em seu amado;
Nem percebe que este anda por ela enamorado,
Nem sequer imagina
Que na sua vida há algo de trágico,
Pois toda mulher para conquistar seu amor
Espalha sorrisos pelos lados.

Pobre daquele rapaz que todo dia a olha passar
Não acha coragem para lhe expressar o que sente,
Ilude-se que ela um dia descubra seu amor.
Esquecem que todo caso nasce das pequenas coisas:
Uma conversa, um olhar frente a frente
Ou simplesmente um sorriso.

...

O tempo passou...
Mas a moça nunca mais!
O rapaz também não se encontrava mais por perto.
Num jornal jogado e arrastado pelas procelas e vendavais,
Talvez resquícios, um adeus ao menos!
Na seção de notas de falecimento...

DANTE SULLIVER

DANTE SULLIVER

Comentar
Crie sua coleção de placas

betinhogpx

Publicado há 1687 dias - 0 estrelas

Premiar

MEU BRASIL

Meu Brasil, mostre-nos a face
Dos traidores e demagogos
Que discursam nos falsos palanques,
Que enganam os desdentados,
Que iludem os adoentados,
Que seduzem os apaixonados
E manipulam a turba de alienados...

Meu Brasil, mostre-nos a face
Dos algozes não dá Pátria,
Nem de mim e nem de nós,
Mas das tuas crianças
Que choram de fome e frio
Ao longo da madrugada...

Meu Brasil, mostre-nos a face
Dos filhos de Mefisto,
Que esbanjam abjetas cobiças
Nos paraísos atlânticos e pacíficos
De bilhões e bilhões de pecados...

DANTE SULLIVER

DANTE SULLIVER

Comentar

betinhogpx

Publicado há 1687 dias - 0 estrelas

Premiar

VIVO VIVENDO COMIGO

Vivo sempre entre minhas fantasias e ilusões,
A realidade mesmo, vivo-a de quando em quando.
Todos os meus grandes amores são feitos por mim,
Não são obras do destino ou de um bom galanteio,
Mas forjados e arquitetados na oficina de meus sonhos.
Neles eu sempre sou feliz, os finais são felizes também,
Todos os sorrisos são belos e verdadeiros,
Todos os choros fortalecem ainda mais as paixões.
Para que então viver a realidade dura de pedra
Senão para sonhar intensamente que a vida é possível?

DANTE SULLIVER

DANTE SULLIVER

Comentar

betinhogpx

Publicado há 1687 dias - 0 estrelas

Premiar

GUARDA CHUVA DA ALMA

De repente, dentro da gente ocorrem grandes tempestades,
Formam-se nuvens cinzas a denotar uma tristeza à toa.
Chove forte, em algumas épocas, em nossa alma que pede calma.
Fico a imaginar, será que existe guarda-chuva para a alma?
Se ele existe, tem teu nome e a forma de teu lindo sorriso!

DANTE SULLIVER

DANTE SULLIVER

Comentar

betinhogpx

Publicado há 1687 dias - 0 estrelas

Premiar

O QUE VOCÊ FARIA?

O que você faria, até aonde iria,
Do que seria capaz por um amor?

O que te faz pensar que é fácil amar,
Que será, enfim, correspondido?
De onde tira essa magia toda,
Para ainda acreditar que é possível?

No entanto, você chora, está esquisito,
Você simplesmente chora sorrindo,
Sente falta em tua vida vazia
Dos beijos que não são mais teus.

E ela perpassa por tua memória como brisa,
Sente o cheiro e sente levemente o tato,
Uma lágrima se escorre, gotas no travesseiro.

Mas você a ama, sentimento pujante, você a quer,
Nem mesmo a dor fria da solidão te refreia,
Então você se soergue e telefona...

Ela sabe que é você, mas e daí?
Nem o mínimo esforço para atender ao fone.
Mas você a ama e imagina que ela está a chorar,
A rosa tem medo de as pétalas todas soltar...

Então sonha uma noite de estrelas diáfanas,
Ela vai atender tua chamada e dizer: oi meu amor
Por onde você andava, longe de mim?

Você a ama, e para quem ama
Tudo é possível!

DANTE SULLIVER

DANTE SULLIVER

Comentar

betinhogpx

Publicado há 1687 dias - 0 estrelas

Premiar

QUERO SER MAIS EU

Hoje acordei com vontade de não ser eu,

Reneguei-me no primeiro minuto de hoje,

Mas logo percebi que até para não ser eu

Preciso absurdamente ser mais e mais eu.


Se eu não fosse eu, que sonhos eu teria?

Onde estariam meus filhos que tanto amo?

A quem eu denominaria de pai ou de mãe?

A quem eu tanto amaria se não ti, bela flor?


Um novo ano se inicia, nascem mil desejos,

Uns querem a riqueza, outro a melhor saúde,

E eu, por tudo que amo e mais prezo na vida,

Desejo-me profundamente ser mais e mais eu!

DANTE SULLIVER

DANTE SULLIVER

Comentar

betinhogpx

Publicado há 1687 dias - 0 estrelas

Premiar

PANGÉIA

Estou triste hoje, não me pergunte o porquê.

Parece que li um poema de Manuel Bandeira,

Parece até que, completamente, me esqueci.

Nas esquinas as pessoas questionam o etanol,

Não entendem a taxa de câmbio, resmungam;

Passam testemunhas de Jeová e pregam beabá,

Mas o paraíso não nos resolve a inflação, como?

Um bêbado que se atropela cantarola o Cartola;

Ele fala da flor que rouba o perfume da amada,

E me lembro da rosa, triste rosa de Hiroshima;

Culpa dos jornais que relatam radiação no Japão,

E terremotos e tsunamis e ditadores que caem.

No entanto, tento e anseio ser alheio a tudo isso,

Apago a luz, deito-me e sonho com a Pangéia,

Como Drummond, sou anterior a fronteiras!

DANTE SULLIVER

DANTE SULLIVER

Comentar

betinhogpx

Publicado há 1687 dias - 0 estrelas

Premiar

CANÇÃO DO MEU CORAÇÃO

Venha cá, conte-me todo o teu segredo aqui,

Sei que você me ama, dê-me a tua mão agora,

Vamos passear pelo jardim de nossos sonhos,

Veja quanta flor, todas me lembram de você!

Qual a música que você ouvirá hoje comigo?

Uma letra com versos cheios de amor e encanto,

Termina com um refrão em forma de teu coração!

Sente aqui, veja os meus olhos, eles são tão verdes:

É a esperança de ganhar um beijo teu nessa tarde.

Ouça, consegue ouvir a doce canção da minha alma?

Ela diz sobre uma história de amor, ela é pura verdade,

Um sublime sonho que hoje pode virar uma realidade!

Te dou uma flor, te dou meu brilho, por um beijo teu;

Me dê tua mão e ouça a doce canção do meu coração

DANTE SULLIVER

DANTE SULLIVER

Comentar

betinhogpx

Publicado há 1687 dias - 0 estrelas

Premiar

CANÇÃO DO MEU CORAÇÃO

Venha cá, conte-me todo o teu segredo aqui,

Sei que você me ama, dê-me a tua mão agora,

Vamos passear pelo jardim de nossos sonhos,

Veja quanta flor, todas me lembram de você!

Qual a música que você ouvirá hoje comigo?

Uma letra com versos cheios de amor e encanto,

Termina com um refrão em forma de teu coração!

Sente aqui, veja os meus olhos, eles são tão verdes:

É a esperança de ganhar um beijo teu nessa tarde.

Ouça, consegue ouvir a doce canção da minha alma?

Ela diz sobre uma história de amor, ela é pura verdade,

Um sublime sonho que hoje pode virar uma realidade!

Te dou uma flor, te dou meu brilho, por um beijo teu;

Me dê tua mão e ouça a doce canção do meu coração

DANTE SULLIVER

DANTE SULLIVER

Comentar

betinhogpx

Publicado há 1687 dias - 0 estrelas

Premiar

ELA EXISTE!

Prometo-te um beijo como se você o implorasse muito a mim;

Retribuo um sorriso como se você estivesse a sorrir para mim.

E logo me aquieto, cai a ficha: sou apenas um coitado solitário,

E você um mero espectro criado por minha insana imaginação.

Perco-me pelas ruas da cidade, embriago-me de uma vil bebida,

Me faço de mendigo e passo a noite em uma sarjeta miasmática.
E apesar dos pesares, ainda ouço forte dentro de mim: Ela existe!

DANTE SULLIVER

DANTE SULLIVER

Comentar

betinhogpx

Publicado há 1687 dias - 0 estrelas

Premiar

CAMINHO DE DAMASCO

Tu que, levemente, penetras ao fundo da alma mais forte;

Tu que, facilmente, vencestes a certa falibilidade humana;

Tu que, sem biblioteca, sem livros, superastes os mestres;

Tu que, caminhando sobre a água, ofuscastes a gravidade;

Tu que, de homem maltrapilho, fizeram-te Mito, um Deus!

Por obséquio, te suplico! Devolva-me a pura magia da vida,

Trilho pelo caminho de Damasco: cega-me como a Saulo!

DANTE SULLIVER

DANTE SULLIVER

Comentar