Descobrir
Comece uma coleção Pesquisar
Aplicativo feito especialmente para meus escritos.

Diário de Texto Pessoal

1 contribuíram 3 estão participando + Informações

Aplicativo feito especialmente para meus escritos.

participate Deixe de participar Participating
contribute Contribua

Diário de Texto Pessoal

mayrateofilo

Publicado há 899 dias - 0 estrelas

Premiar

Eu consigo chorar,
mas não consigo me expressar
através de palavras pinceladas
na brancura do papel.

Comentar
Crie sua coleção de placas

mayrateofilo

Publicado há 899 dias - 0 estrelas

Premiar

Estou com saudades suas. Ninguém sabe disso, nem eu mesma sei. Talvez isso que eu sinto nem seja realmente saudades, mas sinto-me assim desde que lhe vi novamente.
Não posso conversar sobre isso por motivos incabíveis. Guardo-lhe dentro de mim como quem guarda algo que sabe que não servirá para nada.

Comentar

mayrateofilo

Publicado há 899 dias - 0 estrelas

Premiar

Eu não sei o que escrever sobre você. Tudo parece não ter sentido. Parece que nem eu tenho sentido nada por você. Eu nem ao menos falo de ti pra ninguém. Guardo tão bem, que escondo, fazendo com que isso desapareça. Mas olha, eu gosto de você, tá? Meus olhos estão molhados e sua boca nunca irá encaixar na minha. Você nunca será meu. Deus sabe que penso em você o dia inteiro

Comentar

mayrateofilo

Publicado há 899 dias - 0 estrelas

Premiar

Quiçá!

Quiça um olá de amigo,
Você sorrindo com brio,
Cortejando eu a tua honra.

Comentar

mayrateofilo

Publicado há 899 dias - 0 estrelas

Premiar

Eu penso tanto. São tantas as perguntas que me cercam a cabeça, e de vários tipos. Os pensamentos me cercam nas horas mais impróprias.

- No que tanto pensas?

triste pensar saudade

Comentar

mayrateofilo

Publicado há 899 dias - 0 estrelas

Premiar

Falta-me palavras, como me falta esperanças,
Para escrever um poema.
O dia foi triste,
As ruas vazias, e no peito há saudade,
Somente saudade, daquele amo.
Por eu ser infeliz assim...

Não encontro rima, nem quero encontrar.
Faço poema quebrado, não me importa
o errar
Eu rogo, apenas peço, para encontrar
Teus olhos castanhos a me fitar.

Comentar