Descobrir
Comece uma coleção Pesquisar
Textos: Julio Amandia

Textos: Julio Amandia

1 contribuíram 3 estão participando + Informações

Textos: Julio Amandia

participate Deixe de participar Participating
contribute Contribua

jcamandia

Publicado há 1390 dias - 0 estrelas

Premiar

Em nossas orações, além da reflexão íntima, façamos também pela alma desnuda dos interesses individualistas uma reflexão contemplativa das belezas do céu, da terra e do mar, já que na natureza podemos encontrar infinitos exemplos de como conjugar pela ação o verbo amar.

Julio Amandia

Comentar
Crie sua coleção de placas

jcamandia

Publicado há 1390 dias - 0 estrelas

Premiar

A moral é uma só!

Muitos podem até dizer que algumas condutas imorais como a pedofilia, pena de morte e outras também infelizes são aceitáveis moralmente para o costume de um povo e que devemos igualmente aceitá-las; porém, só existe uma moral para reger a nossa conduta, tendo em vista que a mesma conduta não pode ser considerada moral para um e imoral para outro ou vice e versa, pois a moral é igual para todos e não depende do costume, época ou lugar; o que diferencia no seu entendimento é o nível de ignorância de cada indivíduo, cada grupo ou povo. Sabemos que não podemos mudar o pensamento de alguém pela força como muitos pensam e ainda pretendem, mas, como também já somos capazes de observar, para que ocorra uma mudança de conduta é primordial que escutemos a nossa consciência sem os entraves da vaidade, do orgulho, do egoísmo e das paixões infelizes que mantemos em nós, pois só assim poderemos nos conectar com a verdadeira moral, aquela que nos guia sempre para a elevação espiritual.

Julio Amandia

Comentar

jcamandia

Publicado há 1390 dias - 0 estrelas

Premiar

Variações de personalidade.

O espírito que continua no estágio de provas e expiações muitas vezes sente variações de personalidade de acordo com a condição da sua encarnação, ou seja, se vier num corpo frágil, numa aparência por muitos rejeitada ou sem recursos materiais poderá extravasar a timidez, a revoltada e a insegurança por se considerar menos favorecido; se vier com a forma física fortalecida, bem adornada ou com excelentes recursos financeiros poderá se considerar melhor que os outros e demonstrar uma postura altiva e narcisista; podemos facilmente encontrar variações de personalidade numa única encarnação de provas e expiações; porém, isso não é regra, seja em uma ou mais, pois é o espírito que escolhe através do seu livre arbítrio a postura adotada diante das diferentes situações vivenciadas. Aquele que está no estágio regenerativo não sofre tais variações, tendo em vista que possui a personalidade bem desenvolvida e estruturada, pois, diante das necessárias experiências, a boa postura é a única encontrada.

Julio Amandia

Comentar

jcamandia

Publicado há 1390 dias - 0 estrelas

Premiar

Inteligência e moral.

Somos constantemente avaliados nas duas matérias fundamentais da vida, a moral e a intelectual. Percebemos que existem irmãos inclinados, por suas próprias escolhas, a aprenderem com mais rapidez uma das matérias deixando a outra de lado, porém, existem limites para tais escolhas, pois chega um momento em que uma não pode estar tão à frente da outra, caso contrário haveria um descontrole na evolução, ocasionando a sua interrupção. Imaginando um mundo com os habitantes possuindo a inteligência super desenvolvida e a moral ainda enfraquecida, não teríamos nele o respeito e o caos é o que iríamos encontrar, pois o objetivo de cada um seria ao outro sobrepujar; se o mundo fosse habitado apenas por pessoas com a moral extremamente elevada e o intelecto baixo, mesmo verificando um quadro imaginário extremamente melhor que o outro, não haveria um desenvolvimento em equilíbrio, pois, para que ele ocorra é preciso que exista uma harmonia entre a parte moral e a intelectual, proporcionando assim uma real evolução espiritual.

Julio Amandia

Comentar

jcamandia

Publicado há 1390 dias - 0 estrelas

Premiar

Nunca estamos desamparados e abandonados.

Há momentos em que nos sentimos desprezados, desorientados e emocionalmente desequilibrados, onde tudo ao nosso redor parece estar sem o harmonioso movimento devido o baixo sentimento. Seja por qual motivo for é fundamental que tenhamos na consciência a certeza de que nunca estamos desamparados e abandonados, pois a espiritualidade amiga, pelo infinito amor de Deus, está sempre ao nosso lado.

Julio Amandia

Comentar

jcamandia

Publicado há 1390 dias - 0 estrelas

Premiar

A transformação pelo perdão.

O sentimento de culpa pode nos aprisionar por tenebrosos e longos períodos, colocando-nos em um quadro deprimente de algozes de nós mesmos; sem o próprio perdão matamos em nós a esperança por deixarmos de acreditar na superação e na bonança; mas o tempo, que é amigo, renova sempre o coração, reavivando a esperança que possibilita o próprio perdão. Como é bom por alguém ser perdoado e com isso parcialmente libertado, mas, para que ocorra uma completa libertação de um erro do passado precisamos nos dar o perdão, fazendo com que ele nos coloque em uma nova direção, a da transformação.

Julio Amandia

Comentar

jcamandia

Publicado há 1390 dias - 0 estrelas

Premiar

Essencial para a felicidade!

Muitas coisas nós julgamos essenciais para a nossa felicidade e com o passar do tempo acabamos enjoando delas; tantas são as formas que buscamos para o nosso prazer sem que elas contribuam efetivamente para uma satisfação duradoura. Por mais prazeroso que seja degustar deliciosos bombons, deles qualquer um pode enjoar de tanto se empanturrar; por mais satisfatório que possa ser possuir um bem material muito desejado, encontraremos sempre alguém que dele já está enjoado; por mais que tenhamos o sentimento de paixão, se não o transformamos em amor ele irá se esgotar e poderá se tornar o gerador de profunda dor. Saibamos que nunca se ouviu falar que da caridade é possível enjoar; dela Jesus não se cansou de praticar, também não se viu Chico Xavier dela reclamar e nem Madre Teresa de Calcutá. O prazer imperecível é sim possível, basta que pratiquemos sempre a caridade, ação essencial para a contínua e verdadeira felicidade.

Julio Amandia

Comentar

jcamandia

Publicado há 1390 dias - 0 estrelas

Premiar

Não forcemos uma idéia!

O contrariado inconformado fica emocionalmente descontrolado e vive amargurado. Não adianta entrar numa briga a fim de impor uma idéia; nunca será bom forçá-la a alguém, mesmo que acreditemos ser ela a certa; tenhamos paciência, pois caso contrário, ao em vez de conseguirmos o desejável convencimento, poderemos proporcionar apenas a discórdia e o desentendimento. Somente no tempo apropriado para o entendimento de cada um é que a idéia correta será facilmente plantada para então ser cultivada; essa é a condição em que a verdade é revelada.

Julio Amandia

Comentar

jcamandia

Publicado há 1390 dias - 0 estrelas

Premiar

Necessidades.

Possuímos duas formas de necessidades e podemos defini-las como física e espiritual. Existe grande diferença entre as duas, já que uma atua no campo fisiológico para a nossa manutenção corpórea e a outra no campo sentimental. A necessidade física é relacionada à alimentação e reprodução; a espiritual refere-se à sentimentalidade e depuração; sabemos que ambas são essenciais para a nossa evolução. Entre uma forma e outra é necessário que exista o equilíbrio, mas, somente uma é responsável direta para tal, pois levando em conta a nossa verdadeira essência concluímos que a forma diretriz é a espiritual.

Julio Amandia

Comentar

jcamandia

Publicado há 1390 dias - 0 estrelas

Premiar

Não paremos no conhecimento!

Ter na consciência o conhecimento da lei da reencarnação é um significativo passo no caminho da evolução; é através desse conhecimento que descobrimos realmente que a esperança nunca acaba, que cada um recebe de acordo com o próprio merecimento e que melhoramos quando depuramos os nossos sentimentos; mas, de maneira alguma esse conhecimento nos isenta da responsabilidade de ajudar o outro praticando a caridade, pois, mesmo que saibamos que cada espírito recebe de acordo com a lei de causa e efeito, também descobrimos com a lei da reencarnação que auxiliar o outro no cominho de bem é sempre um dever, assim como ser auxiliado, um direito.

Julio Amandia

Comentar

jcamandia

Publicado há 1390 dias - 0 estrelas

Premiar

Desagradável despertar.

Quem é que gosta de ser despertado de forma desagradável? Convenhamos, é muito melhor ter um despertar tranquilo do que um perturbador. Em se tratando da nossa consciência, o despertar tranquilo é possível e depende de nós; lembrando que recebemos da espiritualidade amiga sempre a necessária orientação, para que na hora certa possamos abrir os olhos sem nenhuma perturbação; mas, se insistirmos em fugir das responsabilidades tentando continuar dormindo para deixar a hora passar, inevitavelmente teremos um desagradável despertar.

Julio Amandia

Comentar

jcamandia

Publicado há 1390 dias - 0 estrelas

Premiar

O fim é o começo.

Quando nos encontramos na desesperança e no tédio da acomodação dilacerante que contrasta em relação à paisagem esperada de felicidade, muitos abandonam a fé que personifica a esperança da alma para o real sentido de recomeço; porém, mesmo que estejamos nesta condição infeliz não podemos abandonar a razão, pois sem ela perdemos a nossa humanidade, fazendo com que este quadro, por incrível que pareça, fique ainda pior. Vivemos em constante provação e, por mais dura que nos pareça ser, ela nunca será insuportável ou irresistível a tal ponto que não consigamos superá-la; isso nos dá a certeza de que aquilo que muitas vezes achamos ser o fim é na verdade a grande oportunidade de um novo começo.

Julio Amandia

Comentar